sexta-feira, abril 30, 2010

Quarto de Arthur


Gente, mais detalhes do quarto do Arthur, que está ficando lindooooooooo!!! Esta é a parede principal. Gostaram?

terça-feira, abril 27, 2010

Por que o inchaço ocorre?

Além de todas as maravilhas desta fase única, a gravidez também pode ser definida como o período em que a mulher fica mais rechonchuda. Nossa,olhem o tamanho dos meus pés!!! Tudo isso é líquido retido e má circulação. Agora que retirei o sal da alimentação as coisas estão melhores. Segue abaixo um textinho sobre isso.

Durante o verão é muito comum que as reclamações das gestantes sobre pernas e pés inchados aumentem. Algumas relatam que não conseguem calçar os sapatos de tão inchados que estão os pés... “A explicação para o inchaço e as reclamações relaciona-se com o clima. Os dias quentes provocam uma dilatação maior dos vasos sanguíneos. Com isso, o sangue passa a circular mais devagar, fazendo com que o corpo retenha mais líquidos do que nos outros dias", diz o ginecologista e obstetra, Aléssio Calil Mathias, diretor da Clínica Genesis.

Apesar de se intensificar durante o verão, o inchaço ou edema pode afetar as grávidas durante toda a gestação. Cerca de 75% das futuras mamães passam por esse problema, principalmente a partir do quinto mês. “Os membros inferiores são as regiões do corpo que mais tendem a sofrer com o incômodo. É o chamado edema gravitacional, quando a água se acumula conforme as leis da gravidade. Esse aumento ocorre progressivamente ao longo do dia, intensificando-se no final da tarde e no começo da noite", explica o médico. Há outros locais do corpo que também podem apresentar inchaço: mãos, rosto e nariz.

Por que o inchaço ocorre?

Há várias causas para a retenção de líquidos. “Uma delas é a própria mudança hormonal do período. Durante a gestação, a mulher produz muita progesterona. Também há mulheres que possuem o sistema linfático mais lento, tendo dificuldade de drenar o líquido que se acumula pelo corpo”, diz o diretor da Clínica Genesis.

Além disso, a partir do quinto mês da gestação, o tamanho do útero dificulta o fluxo venoso dos membros inferiores para a circulação central. “Assim, o sangue que está nos pés e nas pernas encontra resistência para retornar ao coração devido à compressão do útero sobre os vasos da região pélvica”, explica o ginecologista Aléssio Calil Mathias.

O que pode ser feito para amenizar o inchaço?

1) Cuide da sua alimentação

“Use pouco sal para temperar os alimentos. Ele é um dos maiores culpados pelo inchaço na gravidez. A gestante precisa ficar atenta também ao consumo de alimentos ricos em sódio que colaboram para agravar o problema, dentre estes, destacamos os embutidos - salame, lingüiça, salsicha - , sanduíches de fast food e os temperos prontos. Orientamos também a futura mamãe a beber muita água e a priorizar legumes e verduras nas refeições”, diz a endocrinologista da Clínica Genesis, Silvia Mizue Hashimoto Toledo.

2) Exercite-se

“Exercícios físicos ajudam a reduzir o inchaço. As atividades mais recomendadas são aquelas feitas na água, como hidroginástica e natação. A água exerce pressão no espaço extra-vascular, favorecendo a entrada de líquidos nos vasos sanguíneos e linfáticos, melhorando a circulação", explica a fisioterapeuta da Clínica Genesis, Carolina Aliano. Antes de começar os exercícios, a gestante deve conversar com o médico que acompanha o seu pré-natal para saber se está apta a realizar atividades físicas.

3) Use meias elásticas

"Muitas gestantes dizem que as meias incomodam, esquentam e a maioria acaba deixando-as de lado, mas as meias elásticas de compressão específica são muito importantes. O objetivo é pressionar as paredes das veias periféricas, não permitindo o extravasamento de líquido para o meio extravascular, diminuindo o acúmulo de água nas pernas e pés. O uso das meias deve ser diário, desde o início da gravidez até o período pós parto", afirma o angiologista e cirurgião vascular da Clínica Genesis, Henrique Lamego Jr.

4) Use cremes apropriados

Há uma série de cremes que prometem aliviar o inchaço. “É preciso ter cuidado na hora da escolha do produto. Produtos com cânfora em sua composição não devem ser utilizados pelas gestantes devido à toxidade que a substância apresenta para o feto. Um dermatologista pode indicar os cremes mais apropriados para cada gestante”, afirma a dermatologista da Genesis, Luciana Cattini.

5) Pernas para cima

"Esta é a solução mais antiga e prática para o problema. No fim do dia é recomendável que a gestante coloque as pernas para o alto, com o objetivo de facilitar o retorno do sangue das pernas para o coração. Se estiver no trabalho, ela pode colocar as pernas numa cadeira ou qualquer apoio, mantendo os pés ao mesmo nível do quadril. Em casa, a grávida pode deitar e acomodar as pernas em dois ou três travesseiros, para elevar os pés", explica Henrique Lamego Jr.

6) Drenagem linfática

A massagem é uma aliada importante da gestante. “Quando aplicada de maneira correta, ajuda a melhorar a circulação sanguínea e a diminuir o inchaço. Mas, antes de iniciar as sessões de massagem, é preciso certificar-se que o profissional é especializado no atendimento à grávidas”, aconselha Carolina Aliano. A drenagem linfática apresenta restrições durante a gravidez: “a região abdominal não deve ser massageada, os movimentos devem se concentrar nos braços, pernas, costas e glúteos. As sessões só devem iniciar após o terceiro mês de gestação”, explica a fisioterapeuta.

Menu do Hospital


Como prometido, os pratos do Hospital Santo Amaro. E sabe de uma coisa? A comida era gostosa viu? Eles tem um trato todo especial. Mas,ainda assim,não quero ser internada novamente não, salvo para ter o meu filhote!









Repouso e Mimo

Gente,depois do susto que foi o internamento,agora é repouso e mimo!!! O repouso muitaz vezes é chato,mas o mimo... Uma delícia! É mimo da mamãe que faz toda a minha comidinha ficar gostosa,ainda que sem sal. É mimo do papai com os seus cuidados em me levar a todos os lugares em seu possante celtinha e do meu maridão, que pensa nos detalhes de tudo,se preocupa como ninguém e me dá MUITO amor.E porque não dizer amor e mimo do meu filhote, com suas mexidas gostosas, ainda na barriga da mamãe?

A grávida pisciana

A grávida pisciana tem a alma sonhadora. Você pode ficar durante horas imaginando como será o seu bebê e os carinhos que você vai fazer nele, enquanto ouve CDs de músicas infantis e chora de emoção. Toda essa sensibilidade às vezes se converte em receios sem fundamento, como a dúvida se vai dar tudo certo durante o parto ou se a sua empregada pedirá demissão justamente quando o bebê nascer. Em vez de dar asas à imaginação alimentando temores, é melhor conversar francamente com o seu obstetra e com a sua funcionária e eliminar as dúvidas. Aproveite seu lado zen para praticar ioga e meditação, visualizando-se em situações felizes com o seu bebê.

Por Sílvia Bacci/ Ilustrações Mauro Nakata

segunda-feira, abril 26, 2010

29 semanas de Gestação! Já!!!


Nos meninos, os testículos descem de perto dos rins até a virilha, a caminho do saco escrotal. Nas meninas, o clitóris fica relativamente saliente, porque ainda não foi coberto pelos lábios vaginais -- que vão crescer e cobrir o clitóris nas últimas semanas antes do nascimento.

A cabeça do seu bebê está crescendo, e o cérebro se desenvolve bem depressa. Quase todos os bebês são capazes de reagir a sons na 30a semana de gestação.

As necessidades nutricionais do bebê chegam ao ponto máximo no terceiro trimestre. Você vai precisar de muita proteína, vitamina C, ácido fólico, ferro e cálcio (cerca de 200 miligramas de cálcio são depositados no esqueleto do bebê por dia), portanto prefira alimentos ricos nesses nutrientes.

O esqueleto do bebê fica cada vez mais rígido, e o cérebro, os músculos e os pulmões continuam amadurecendo. Dê uma olhada no nosso guia da boa alimentação para ter certeza de que está recebendo os sais minerais e as vitaminas de que precisa.


28 semanas de gestação

Você pode ter dado uma pensadinha sobre como o novo membro da família como será (e por "uma pensadinha" queremos dizer que é a sua nova obsessão :^). Ele vai dormir bem? Será que ele irá desenhar na mobilia com caneta, canetinhas e afins? Dê uma de reporter e entreviste os seus próprios pais para obter informações sobre como você e como o seu companheiro foram quando crianças: o quanto você pesava quando nasceu, a primeira palavra, a primeira vez que você cortau todos os cabelos da Barbie. ... Seus pais vão ficar todos emocionados pela memória e talvez você também ficará. Talvez você fique cheio de esperança para o futuro, ou talvez cheio de medo de seu sofá de couro tornar-se uma tela de pintura para o próximo Leonardo Da Vince.

Quer saber o que está acontecendo com seu corpo, sua vida e seu bebê esta semana? Continue lendo...

Seu corpo

Woohoo! Você atingiu a marca do terceiro trimestre, então marque no seu calendário e adicione outro furo no seu cinto. É, a barriga continua crescendo! :^)

Se o seu exame de sangue mostrou que você é Rh negativo, você precisa levar uma injeção de imunoglobulina Rh, esta semana. A injeção evita possíveis complicações em um futuro bebê você pode ter se esse bebê for Rh positivo. O Rh do seu sangue não importa quando se trata da primeira gravidez, mas você deve levar a injeção no caso de você planejar ter mais bambinos.

Se o seu bebê nascer com sangue Rh-positivo (porque herdou um gene Rh-positivo do papai), você deverá receber outra dose de imunoglobulina Rh depois do parto, para ter certeza que tudo estará certo em em dia para futuras gravidezes.

Se o seu teste de glicose deu positivo, o seu doutor provavelmente irá querer dar-lhe um teste de tolerância à glicose em breve. O teste-de-diabetes gestacional envolve algumas mudanças na dieta os dias que precederam a ela (mais carboidratos!) e uma visita mais longa ao consultório no dia do exame (é um teste de três horas, em vez de uma hora como o da primeira vez). E é mais uma oportunidade para tomar sobre esse delicioso coquetel (leia-se: aquele xarope doce pra xuxu)! Se o resultado deste novo teste der positivo para diabetes gestacional, seu médico provavelmente irá colocá-la em um super-dieta saudável para o resto de sua gravidez.

Seu bebê

Conforme o grande dia se aproxima, o seu bebê está ficando pronto para ir de encontro a luz no fim do túnel. Outros destaques desta semana:

Os olhos do seu bebê estão parcialmente abertos, e agora já pode piscar. Imagine seu beb~e piscando pra você!

Seus olhos têm cor agora. Pode não ser a cor definitiva, especialmente se estiver cinza claro ou azul. Os olhos normalmente não definem um tonalidade final até nove meses após o nascimento do bebê. Então, quando sua sogra diz que o bebê tem os olhos dela, você pode informar educadamente a ela que eles provavelmente irão mudar em breve. Desculpe.

Alguns especialistas acreditam que com 28 semanas de gestação os bebês comecem a sonhar. Sonhar com o quê? Ninguém faz a menor idéia. Mas o cérebro está bem ativo à essa idade. As ondas cerebrais podem ser notadas em testes específicos e os tecidos cerebrais estão bem desenvolvidos.

Seu bebê está gordinho em comparação a algumas semanas atrás.

Sua vida
É hora de FESTA! A organização do chá de bebê é um dos momentos mais agradáveis da gestação, ocasião em que a futura mamãe reúne as amigas para um bate papo descontraído. Neste evento une-se o útil ao agradável, uma vez que a gestante ganhará presentes necessários ao enxoval do bebê. A organização do chá deve ser feita por uma de suas melhores amigas, que deve convidar as outras amigas da futura mamãe.

Lembre da lista que você já fez. No caso do chá de bebê, os homens podem participar, mas não é recomendável a presença de crianças.

Crie um convite personalizado com colagens e montagens. Fica mais criativo e divertido do que o comprado em papelarias .
Caso o sexo do bebê já não seja segredo, coloque no convite, assim o enxoval do futuro bebê será efetivamente enriquecido.

Decore o ambiente com temas relacionados ao enxoval do futuro bebê. Coloque no local, por exemplo, um carrinho ou berço para que os convidados possam deixar os presentes. Ou então uma caixa de papelão enfeitada com motivos infantis.

Como trata-se de uma celebração entre pessoas íntimas, o melhor é distribuir as responsabilidades sobre os comes e bebes entre os convidados sugerindo a contribuição de cada um entre bebidas, pratos de salgados e doces.

O evento deve durar até duas horas, em média, para não cansar a futura mamãe.

Faz bem comer...

Utilize no tempero de suas saladas e evite o sal!

Benefícios:

Baixo valor calórico, 1 colher de sopa tem em torno de 1,28kcal;
Pessoas hipertensas que precisam diminuir o consumo de sal podem utilizar o vinagre como substituto, com moderação;
Digestão, o balsâmico é o mais refinado de todos os tipos, feito a partir da fermentação de uvas. Tem propriedades estimulantes que favorecem a secreção do suco gástrico, colaborando assim no processo de digestão.
Os vinagres feitos da fermentação de frutas, possuem características antioxidantes, que combatem os radicais livres, retardam o envelhecimento e previnem contra o aparecimento de tumores cancerígenos.
Não existe uma quantidade definida a ser consumida por dia para que se tenha estes benefícios, mas consider-se uma colher de sopa, uma boa quantidade.
Importante ressaltar que se você tem gastrite ou algum tipo de restrição a produtos ácidos não consuma, siga sempre as recomendações do seu médico.
É bom saber...
Ginástica pré-parto — faça exercício e prepare-se para dar à luz
Uma das melhores formas de preparar o seu corpo para o parto é fazendo alongamentos.

"Fala-se muito de contracções durante o parto", conta Helene Byrne, especialista em ginástica pré-parto e preparadora pessoal. "Mas, na essência, dar à luz tem apenas a ver com abertura e descontracção". Conheça aqui um movimento que a ajudará a preparar o corpo para o parto.

Agachamento apoiado

1. Coloque-se de pé em frente de uma porta aberta e coloque uma mão em cada maçaneta. Aponte os pés e os joelhos para fora, nas posições das 10h e das 2h. (O uso de bom calçado ajuda a manter a firmeza dos pés.)

2. Agache-se, mantendo as costas direitas, flectindo profundamente os joelhos. Mantenha-se na posição de agachada enquanto se sentir confortável.

3. Firme bem os pés no chão e use as ancas, as nádegas e os braços para se içar até ficar novamente de pé.

Todos conhecemos os benefícios da prática de exercício antes do parto: é bom para si e para o bebé, recuperar a forma após o parto é muito mais fácil e pode mesmo acelerar trabalho de parto, tornando-o mais fácil de suportar. Mas quantas grávidas continuam a frequentar o ginásio quando a barriga atinge o tamanho de uma bola de basquetebol?

Futuro papai

Vamos celebrar o trimestre final. Vá ao Shopping e compre alguma coisa para o bebê e, é claro, para ela. Faça massagem com óleos sobre o abdome e nos pés da futura mamãe; ela vai adorar. Esteja envolvido com esse final de gestação e dê o máximo de sua atenção para ela. Agora ela precisa mais do que nunca.

É mesmo verdade:

O pai recente também sofre alterações hormonais, como a redução dos níveis de testosterona e o aumento dos níveis de estrogénios – tudo associado à necessidade de prestar cuidados físicos e emocionais ao bebê.

domingo, abril 18, 2010

sexta-feira, abril 16, 2010

Afinal o que é ser mãe?

Ser mãe é

Ter um sonho
Receber um teste de gravidez positivo
Sentir uma alegria imensa
Consultar o obstetra
Fazer exames e mais exames
Ter enjôos
Ver o corpo mudar a cada dia
A barriga crescer...
Ter um sangramento
Ficar muito preocupada
Consultar o obstetra
Fazer repouso
Perder o bebê... mas não desistir
Começar tudo de novo
Fazer inseminação
Ou então uma adoção
Ter azia, ficar pesada, ter insônia
Sentir o que nenhum homem jamais sentiu: outra vida dentro de si!
Ouvir o coração
E sentir os chutes do bebê
Consultar o obstetra

Parir
Por cima ou por baixo
Com dor ou sem ela
Gritando ou quieta
A mesma emoção
Um amor sem tamanho
Dar à luz nova vida
Que vem do útero ou do coração

Amamentar
Namorar o bebê
Trocar muitas fraldas
Namorar o bebê
Limpar o umbigo, o nariz, a bunda e a alma
Consultar o pediatra
Um peito rachado, o nariz entupido,
Uma dor de ouvido,
O coração partido
A cólica, ah! Quanta cólica...
Consultar o pediatra ontem, hoje, amanhã, semana que vem, todo mês!

Comprar e comprar
O primeiro uniforme da escola
E muita bugiganga
Tratar uma dor de garganta
E uma dor de barriga
Testemunhar o milagre da alfabetização
Perder a paciência com tanta malcriação
Consultar o pediatra, cada vez menos

No meio das pernas ou embaixo do braço
Encontrar o primeiro pelinho
O crescer do peitinho
Ou do pintinho
Conhecer a turma
Ver o filho sair noite afora
Ficar em casa com o coração na mão
Consultar (ainda!) o pediatra
Escutar "Eu não pedi pra nascer!"
Acreditar e ficar chateada
Ser apresentada
A namorados e namoradas
O vestibular, uma profissão
Quanta preocupação!

E um dia...
O casamento
Ou então, tanto faz
Um ajuntamento

E de repente
Uma vida se passou
Tempo de descansar...
Mas um novo sonho surge
Uma gravidez
Um neto!
E a vida recomeça:
As consultas, as fraldas, as preocupações
Dobradas, como é esse amor...

Ser mãe é ser eterna...

Dr. Ruy Pupo Filho
Pediatra e Neonatologista
Consultor Científico do Guia do Bebê

O sétimo mês




Importante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos. Além de alguns sintomas que continuam do mês passado.
Físicos:


Movimentos fetais cada vez mais intensos;
Sensação de dormência na parte baixa do ventre;
Aumento da umidade vaginal (leucorreia);
Congestão nasal e sensação de entupimento do ouvido;
Prisão de ventre;
Âzia e dificuldade de digestão;
Câimbras nas pernas;
Possível inchaço dos tornozelos e dos pés, e às vezes também das mãos;
Possíveis dores de cabeça, às vezes desmaios e tontura;
Surgimento de algumas veias varicosas e/ou hemorróidas;
Dores nas costas;
Falta de ar e dificuldades para respirar;
Insônia;
Sensação de coceira no abdomen.


Emotivos:


Uma certa ansiedade com relação ao bebê e ao parto;
Períodos de distração e falta de concentração no que se está fazendo;
Sonhos e fantasias sobre o bebê;


Como seu Bebê Cresce dentro de Você


Desenvolvimento Acelerado:


Nesta fase seu bebê já está bem formado, o sistema nervoso está se aperfeiçoando cada vez mais, e o cérebro está tendo um desenvolvimento acelerado. Ao final do sétimo mês, seus pulmões começam a se desenvolver e se por acaso nascesse agora, teria grandes chances e possibilidades de sobreviver.


Ele sente e reage:


Seu bebê durante o sétimo mês já consegue ter várias reações, como abrir e fechar os olhos e ter maior percepção da luz; distinguir entre o gosto doce e o amargo, e responder a certos estímulos com choro.
Qual é o aspecto do bebê:


Ao final do sétimo mês, seu bebê terá crescido bastante, chegando a pesar de 1 a 1,3 quilo, e medindo entre 37 a 40 cm. À medida que ele cresce, vai ocupando cada vez mais espaço no utero, que começa a ficar uma casa um pouco estreita para ele.


Qual é o aspecto da mamãe:


Se você continua mantendo um aumento de peso controlado, deve estar parecendo uma grávida com um barrigão bem redondo e bonito, mesmo se cada vez mais você estiver sentindo os pequenos probleminhas normais da gravidez, aproveite para ir vendo cursos de preparação ao parto e também para descansar um pouco mais..


Algumas Possíveis Preocupações


Inchaço: Muitas vezes, a gestante percebe suas mãos, pés, tornozelos, pernas e até o rosto, ficarem levemente inchados, por causa da retenção líquida que se verifica nos últimos meses da gravidez. Essa sensação de inchaço aparece normalmente no final do dia, ou quando faz calor, ou ainda se a gestante ficou muito tempo em uma mesma posição (sentada ou em pé). Se esse inchaço não for excessivo, e não estiver acompanhado de um aumento na pressão sanguínea, você não deve se preocupar, mas lembre-se sempre de procurar seu obstetra caso notar algo diferente (inchaço mais acentuado ou que não desaparece depois de uma boa noite de sono). Para aliviar esta sensação, você deve lembrar de apoiar os pés sobre um banquinho quando estiver sentada, alternar períodos em pé e sentada, usar sapatos confortáveis e evitar usar meias com elásticos que possam bloquear a circulação (dê preferência às meias elásticas para gestantes), e principalmente, beba muitos líquidos.
Calor Excessivo e Transpiração:Esta sensação de calor que a gestante pode sentir principalmente nos últimos meses da gravidez, é provocada pelo aumento do nível hormonal, e faz com que a gestante tenha uma maior transpiração, principalmente à noite. Podem acontecer situações até engraçadas, de você sentir um calor absurdo em pleno inverno, enquanto todos estão trincando os dentes de frio. O que você pode fazer para reduzir esse incomodo: além de tomar vários banhos ao dia, vista-se em camadas, assim você poderá ir tirando as peças à medida queo calor for aumentando. E como você tem uma maior perda de líquidos por causa da transpiração, é importante repor bebendo muita água...


Fonte: Manual da Gestação

Guia do Papai

Tenho colocado tudo com relação à mãe e nada para o papai... então...

Guia do Papai

Parabéns! Você vai ser pai! .... "E agora?"- Você se pergunta? Ao mesmo tempo que a alegria vem ao seu coração, um mar de dúvidas invadem a sua mente. É perfeitamente normal.
O pai de hoje é um pai que participa, que quer saber, quer estar lá no dia, é por isso que você está aqui e nós vamos tentar ajudá-lo a entender o que estará acontecendo com a sua mulher, seu neném e até com você mesmo.
E já começamos perguntando se você sabe quais são as preocupações mais comuns do pai de primeira viajem?

1.Segurança
2. Paternidade
3. Mortalidade
4. Saúde da Família
5. Relacionamento

1. Segurança: Esse é, pode-se dizer, o medo maior que assola a mente de um pai. "Será que conseguirei proteger a minha família e prover o que eles precisam?" É um medo comum, não só dos dias de hoje mas, sempre foi.
É toda uma situação nova para o casal, antes parecia tão simples, era só você e sua esposa. Agora você vê a responsabilidade pesando forte em suas costas. É um filho, uma benção que Deus põe em suas mãos. Agora você tem que ser forte em áreas que até então ainda não tinha sido necessário. O seu apoio é essencial, não só monetário como emocional. A futura mamãe estará atravessando uma maré de instabilidade emocional e você tem que estar firme e oferecer amor e serenidade.
........................................................................................................
2. Paternidade: Não é engraçado como os pensamentos da gente são criativos e a mente viaja e, em uma dessas viagens você se pergunta "Será que eu sou mesmo o pai dessa criança?" Não é um fato muito comentado mas a idéia passa pela cabeça de pelo menos 50% dos pais. E o melhor é que, apenas uma pequena parte desses realmente acham que a esposa teve um caso. Dois pontos que não combinam. Como você pode achar que o filho não é seu e que sua esposa é fiel? Psicólogos afirmam que o que acontece na mente de muitos pais é que, eles ficam tão maravilhados com o milagre da vida que é difícil de acreditar que eles tiveram alguma coisa a ver com isso. Pode ser engraçado, mas acontece.
........................................................................................................
3. Mortalidade: Testemunhando o começo da vida não é raro o pai se pegar pensando no fim dela. Você vê que você não é mais a geração mais nova. O sucessor já chegou e se tudo correr bem, você vai deixar essa vida antes dele.
Nessa hora, muitos pais jovens que sempre achavam que a vida é uma grande aventura e gostavam de se arriscar, esses mesmos homens começam a ver que a vida é muito preciosa e que eles não têm o direito de morrer. A vida agora tem mais valor.
........................................................................................................
4. Saúde da sua família: O parto é um momento que preocupa tanto as mães quanto os pais. E agora você fica pensando e, lembra de tantas notícias de partos não bem sucedidos que você já ouviu. Você não lembra direito quem te contou e nem quando mas a notícia está lá na sua mente. "E se eu perder o meu bebê?" ou " E se minha esposa não aguentar? Como vou criar um filho sozinho?" É uma preocupação que já foi muito real. Na época de nossos avós, a causa maior de morte para mulheres com menos de 50 anos era parto. Mas felizmente hoje é raro. Mas é normal nos preocuparmos.
........................................................................................................
5. Relacionamento: É comum achar que quando o bebê nascer ele vai ser número 1 e você não vai ser mais tão amado ou receber tanta atenção como antes. Esse é um medo que muitas vezes pode ser muito real. Não é raro a gente conhecer alguma família em que o pai só é permitido tocar, beijar ou pegar o bebê depois de muitas instruções e só se a mãe achar que é uma boa hora pra isso. De repente o pai se torna o menos importante na casa. Parece engraçado mas é verdade. Por isso é importante o pai mostrar que é o pai desde o começo da gravidez, participar e mostrar interesse. Se você não pode pegar o bebê por isso ou por aquilo, mostre que você também é responsável e tem o direito de mostrar o seu amor também.

Fonte: E-family

40 Dicas para um pai de primeira viagem...


Você já sabe muita coisa sobre a gravidez, bebês, ginecologistas, pediatras, etc... muita teoria, não é verdade? Mas e quanto à prática, a experiência real do dia a dia?

Fique calmo, muito homens já passaram por isso, e 40 deles nos deram seus melhores conselhos que te ajudarão a sobreviver a essa dura, e ao mesmo tempo maravilhosa etapa de sua vida.

1 - Durante 9 meses ela será o centro das atenções.
É bom que você vá se preparando para não sentir isolado da gravidez. Alessandro, 33 anos, Psicólogo.

2 - Quando o bebê chegar, as atenções serão todas para ele.
Você tem duas opções: sofrer e sentir-se rejeitado ou desfrutar de seu "anonimato" e aproveitar para assistir seu futebol tranqüilo e fazer outras atividades que geralmente não consegue enquanto as visitas passam a tarde mimando seu filho. José Antônio, 40 anos, Empresário.

3 - Sua casa é pequena, não importa o tamanho dela.
E dizer o contrário à sua esposa pode ser motivo de discussão, então concorde! Henrique, 34 anos, Sociólogo.

4 - Se seus pais serão avós por primeira vez, dê um tempo para que eles se acostumem com a novidade.
Fale para eles que não tem coisa melhor que ser avós jovens. Quando meu pai soube que seria avô, disse que era uma ótima notícia, mas ficou um tanto pensativo como eu nunca tinha visto. Só depois me contou que se sentiu como se tivesse vinte anos a mais. Daniel, 30 anos, Arquiteto.

5 - As grávidas tem o sentido do olfato mais apurado.
Parecia incrível, mas ela conseguia sentir minha cueca suja mesmo que estivesse no fundo do cesto de roupas. Portanto tente abusar da higiene pessoal. Pedro, 35 anos, Agricultor.

6 - Você será o técnico durante o curso preparatório para o parto.
Mas na hora H, o melhor a fazer é ficar quieto e deixar ela jogar a final sozinha. Eu estava tão nervoso na sala de parto que não parava de falar besteiras, até que gentilmente, minha mulher me disse para ficar quieto ou sair da sala. Artur, 37 anos, Publicitário.

7 - Esqueça os seus presentinhos. Você não poderá comprar roupas durante um ano.
Mas com certeza terá dinheiro para comprar cadeirinhas, roupinhas, brinquedos, ursinhos, etc. Carlos, 40 anos, Advogado.

8 - Se você detesta cozinhar, é melhor abastecer o freezer de congelados.
Ou reze para sua sogra se ocupar da comida. Isso será essencial para você sobreviver na primeira semana depois do parto. Luis, 40 anos, Médico.

9 - Sim, você segura o bebê de forma errada!
O melhor a fazer é segurá-lo como sua mulher faz. David, 27 anos, Camareiro.

10 - Depois de trocar a terceira fralda você sentirá como se tivesse feito isso a vida toda.
Acredite, é mais fácil do que você imagina. Sergio, 29 anos, Fotógrafo.

11 - Cuidado com a palavra "nós".
Por exemplo, jamais diga: "nós estamos muito ocupados com os preparativos". Sebastián, 35 anos, Empresário.

12 - Vai chegar um dia em que você se transformará no herói de seu filho.
Desfrute ao máximo, porque esta fase dura pouco. Geraldo, 47 anos, Pediatra.

13 - As contrações do parto aparecerão de uma forma repentina.
Quando ela diz que chegou a hora, não discuta! Antônio, 38 anos, Jornalista.

14 - Se alguém disser que a amamentação acabará com o seio de sua mulher,
que os bebês só comem de 4 em 4 horas e que se você for segurá-lo cada vez que chora ele ficará mimado, não acredite. É tudo mentira. Fernando, 45 anos, Arquiteto.

15 - Se organize!
Durante as primeiras semanas depois de deixar o hospital, você será o responsável pelas tarefas domésticas, farmácia, supermercado, etc. Ricardo, 33 anos, Gerente Administrativo.

16 - Você se surpreenderá...
...ao ver como você consegue "funcionar bem" dormindo tão poucas horas. Mariano, 39 anos, Técnico Audiovisual.

17 - O bebê vai preferir sua mulher por muito tempo.
Tenha paciência, chegará a sua vez de ser o preferido quando ele quiser jogar bola. João, 48 anos, Professor.

18 - Ninguém sabe porque as crianças usam tanta roupa.
Especialmente quando saem de casa para um simples passeio. Não tente entender. João Luiz, 44 anos, Técnico de Informática.

19 - É normal ficar olhando o bebê por longos períodos enquanto ele dorme.
Também é normal ficar filmando ele dormindo até que termine a fita. José, 33 anos, Administrador de Empresas.

20 - Você acabará encontrando solução para todos os problemas do seu filho.
E quando terminar, com certeza ele estará em problemas de novo. Inácio, 30 anos, Bombeiro.

21 - Você nunca se incomodará com o coco, o xixi e os vômitos de seu filho...
...mesmo que seja em cima de você. Francisco, 37 anos, Ator.

22 - Os alimentos congelados passarão a ser parte integral de sua alimentação.
Mesmo que já tenha passado 3 meses do parto. José, 24 anos, Publicitário.

23 - Prepare uma malinha para a maternidade.
Leve filmadora, máquina fotográfica, e se você puder ficar com ela no quarto, leve seu pijama e produtos para a higiene pessoal. Afonso, 35 anos, Design Gráfico.

24 - Pelo menos durante um ano, nem pense em falar de sexo...
...será melhor que diga somente "fazer amor". Rubens, 36 anos, Monitor Infantil.

25 - Durante a gravidez, ela vai comer como um pedreiro...
...vá se acostumando e enchendo a geladeira. Angel, 39 anos, Taxista.

26 - Evite falar demais de seu filho no trabalho...
...procure fazer isso com os amigos e parentes para evitar problemas. José Antônio, 30 anos, Administrador de Empresas.

27 - Se durante o parto ela pede para que o anestesista aplique a anestesia peridural...
...nunca pergunte se ela tem certeza. Manuel, 32 anos, Biólogo.

28 - Não importa se sua mulher geralmente é um doce...
...se ela resolver xingar durante o parto normal, provavelmente ninguém da família se salvará. Silvio, 38 anos, Decorador.

29 - Se em suas primeiras relações sexuais depois do parto sua mulher ficar nervosa...
...e com saudades do bebê, fique calmo, este comportamento não vai durar para sempre. Benito, 40 anos, Psiquiatra.

30 - Seus amigos sem filhos serão sua principal fonte de conselhos.
Os que tem filho somente levantarão os ombros e te dirão que fique tranqüilo que já vai passar. Daniel, 34 anos, Pesquisador.

31 - Uma babá não é uma enfermeira de dia...
um ginecologista, nem um pediatra. A única coisa que tem em comum entre eles é seu talão de cheques. Boris, 3 anos, Engenheiro.

32 - Se sua mulher quer que você assista o parto...
...Não vai adiantar você mudar de assunto, então se prepare. João, 31 anos, Taxista.

33 - Nem tente...
você não está capacitado para trocar os presentes sem utilidade que os amigos e parentes levaram. Alex, 44 anos, Radialista.

34 - Não tente entender as mudanças de humor durante a gravidez...
geralmente não tem motivo algum para que isso aconteça e nem elas mesmas entendem. Maurício, 36 anos, Publicitário.

35 - Você pode até experimentar o leite materno...
...mas eu te garanto que não gostará nem um pouco. André, 33 anos, Comerciante.

36 - O único peso que você poderá controlar será o seu.
Eu aconselho que controle rigorosamente, senão ganhará mais peso que ela durante a gravidez. Manoel, 32 anos, Segurança.

37 - O primeiro mês de gravidez é maravilhoso.
Depois disso, a quantidade de exames, ultra-sons, e visitas ao médico te deixarão tão ansioso que você se lembrará disso por anos. Xavier, 37 anos, Cabeleireiro.

38 - Às vezes seu filho gostará mais do papel de presente do que o seu inútil conteúdo. Guilherme, 37 anos, Farmacêutico.

39 - Não de desespere na hora do parto.
Apesar dos gritos, das caras de dor e do choro, ela conseguirá fazer seu trabalho perfeitamente. Marcos, 36 anos, Analista de Sistemas.

40 - É claro que tudo vai mudar!
Justamente esta é a principal conseqüência de ter um filho, as coisas nunca serão as mesmas. Antônio, 38 anos, Veterinário.

Riso e choro na gravidez: por que mudo tanto?

Ontem tive um final de tarde horrível! Uma tristeza repentina, uma vontade de chorar, uma implicância com o meu marido(coitado!)... Que agonia! Ainda bem que hoje acordei melhor. Bem melhor... Pesquisando na internet sobre as alterações no humor durante a gravidez, encontrei uma matéria legal.


Aproveitem!

Beijos

Mariza


Riso e choro na gravidez: por que mudo tanto?

Pela manhã, a alegria impera na casa de uma gestante, que acorda e faz um lindo café da manhã para o marido que vai trabalhar. No meio da tarde, a futura mamãe chora compulsivamente ao ver um comercial de bebê. Já pela noite, a mamãe grávida discute de maneira irritada com o papai por causa da cor do berço do bebê.

Se você, mulher grávida, se encaixou perfeitamente nessas cenas de alterações de humor, entenda o porquê disso acontece durante a gestação. Mas já adianto que você não se encaixa no perfil de pessoas meio maluquinhas.

Um dos grandes vilões por essas oscilações bruscas de humor na gestante são as mudanças hormonais. A grande maioria das mulheres conhece as alterações que o corpo e o humor sofrem com a TPM (tensão pré-mestrual).

O ovário antes da menstruação produz dois hormônios responsáveis pela preparação do corpo para receber um bebê: a progesterona e o estrogênio.

Quando o óvulo não é fecundado, acontece a menstruação, mas a produção desses hormônios é o bastante para causar as irritações, sensibilidades e choros da “famosa” TPM, que passa quando acontece a menstruação e os hormônios voltam para a sua taxa de normalidade.

O tal HCG - Quando esse óvulo é fecundado, o hormônio HCG (gonadotrofina coriônica) é produzido e jogado na corrente sangüínea. É esse hormônio que acusa a gravidez nos testes de sangue realizados para se descobrir a gravidez. Ele é produzido somente nas mulheres que tem o óvulo fecundado e tem a função de relatar ao corpo da mulher que tem um bebê em formação e que os hormônios progesterona e estrogênio devem ser produzidos em maior quantidade.

O progesterona e o estrogênio são um dispositivo do organismo da mulher para a proteção da gravidez, sem eles uma gestação não aconteceria. Como ninguém é perfeito (nem mesmo os hormônios), esses hormônios têm um efeito depressivo, deixando a mulher mais sonolenta, cansada e desanimada. A produção do progesterona aumenta 15 vezes durante a gestação e a do estrogênio quase 20 vezes. Daí nota-se inúmeras alterações no humor.

Já o HCG, além de fazer com que o corpo não reconheça o feto como um corpo estranho, é responsável pelos enjôos com cheiros e comidas, e até pelos vômitos. Quem é que fica de bom humor com enjôos e vômitos?

E como acontecem as alterações tão constantes de humor? São as oscilações que ocorrem nas produções desses hormônios pelo organismo da mulher durante todo o dia e toda a gestação, principalmente no primeiro trimestre. Os hormônios voltam à sua taxa de normalidade bruscamente quando a bolsa se rompe.

Outros fatores - Os vilões da história não são só as mudanças hormonais. As mudanças físicas também ajudam nas alterações de humor. Pés inchados que obrigam a grávida trocar seus sapatos por até dois números a mais que o real, aquela calça que a mulher adora não serve mais, por mais esforço que ela faça.

Dores na coluna que nunca apareceram agora acontecem pelo peso extra da barriga, e o tamanho da barriga deixa os movimentos da gestante mais lentos ou até impedem que ela faça algum que deseja.

Ansiedade, alegria de ser mãe e sentir-se poderosa, preocupações com a formação do pequeno serzinho que se forma dentro do seu corpo, imaginando como será o seu futuro e do seu filho e como será a sua carreira e o seu casamento daqui para frente são sentimentos que fazem qualquer humor subir e descer rapidamente.

O melhor é entender o que se passa com seu corpo durante toda a gestação e pedir ajuda para quem está mais perto como o marido ou mesmo de um profissional para amenizar todas essas alterações que acontecem.

Dicas

Tenha uma boa alimentação, tome muito líquido e tente manter o bom humor sempre.

Converse com o seu marido e peça para que tenha uma dose extra de paciência com você nesse período.

Quando se sentir triste ou sozinha, tente se distrair, telefone para alguém ou convide uma amiga para passear.

Bruno Rodrigues

quinta-feira, abril 15, 2010

Posição do bebê dentro do útero


Vamos entender mais um pouco como são as mexidas do bebê até o dia do nascimento.

• No primeiro trimestre e no comecinho do segundo o feto se mexe o tempo todo. Dá cambalhotas, roda, mexe as pernas e os braços.

• Por volta da 19a semana, ele passa a variar entre três posições: pélvica (quando o bebê fica sentado), córmica (na transversal) e cefálica (de cabeça para baixo). O bebê também pode escolher apenas uma delas e permanecer assim até o final da gestação.

• Até a 28a semana, essas trocas de posições são constantes – o espaço que ele tem é grande.

• Na 32a semana o espaço que o bebê tem para se mexer é menor. Provavelmente, ele já está de cabeça para baixo, a posição ideal para o parto. Mais de 90% dos bebês escolhem, naturalmente, essa posição – ele fica com o rosto virado para a sua barriga.

• Cerca de 4% dos bebês ficam sentados dentro do útero. Essa posição pode dificultar, mas não impedir, um parto normal.

• Muitas vezes, no final da gravidez, o feto não vira de cabeça para baixo porque o cordão umbilical está enrolado pelo corpo – isso não é prejudicial para o bebê e não significa que a mulher vai precisar de uma cesariana.

• Até a hora do nascimento, o bebê pode, sim, mudar de posição, mas é muito difícil isso acontecer.

Fonte: Alberto D’aurea, ginecologista e obstetra da maternidade Santa Joana(SP)

Inverno

Meu reizinho vai nascer no frio, então compramos umas roupinhas de inverno pra ele. Ainda que o frio da Bahia seja bem ameno, bebê sempre sente mais frio não é mesmo? Ainda mais logo que nasce.

Olha o casaquinho, que fofo!



O resultado da aventura

Como prometi no post de ontem, segue o principal resultado da nossa aventura na chuva: o kit do berço do Arthur. Lindo né?



quarta-feira, abril 14, 2010

27 semanas! Já?

Meus sintomas: :)

Fome,muitaaaaaaaaaa fome!
Dores nas costas e nos quadris.
Pés inchados
Dor nos calcanhares
Felicidade extrema
Vontade de chorar
Desejo de ver tudo pronto logo

Segundo o informativo:

Muita coisa está acontecendo nesta semana. Seu bebê está pesando 1 kg - aliás, é bem provável que tenha ultrapassado essa marca. Ele também já é capaz de abrir e fechar os olhos. Além disso, pode ter começado a soluçar um pouquinho mais. E não é à toa. Seus pulmões estão quase formados. Como ele cresceu - já mede 34 centímetros da cabeça aos pés -, você vai perceber todos esses movimentos com mais clareza. Não se preocupe porque isso é pra lá de normal. Por enquanto, ele, no aconchego do útero, passa um tempo dormindo, mais algumas horas acordado e, em seguida, volta a adormecer...

Hmmm, que vontade de comer picolé de tapioca. E também feijão com bolacha, pinha verde, carambola com mel... Acredite: muitas mulheres grávidas experimentam desejos assim, um tanto absurdos. Os médicos não sabem dizer, com certeza, se há uma explicação científica para a vontade de comer alimentos incomuns durante a gravidez. Suspeitam, no entanto, que poderia ser a carência de algum nutriente. Ou, então, outro tipo de carência: a vontade de receber atenção e mimos, o que é compreensível nessa fase. Na dúvida, procure manter uma alimentação equilibrada para o seu bebê não ter nenhuma privação nutricional nem você precisar sair, no meio da madrugada, em busca de uma fruta pra lá de exótica.

Mamães coragem!


Não sei o que acontece com as grávidas. Parece que ficamos muito mais corajosas. Estava até falando isso com a minha mãe hoje mais cedo e ela concordou. Acordei hoje cedinho, o tempo super fechado e antes das 7:30 liguei para a minha mãe para convidá-la para irmos comprar algumas coisas a mais para o Arthur, dentre elas o kit para o berço. Foi tão gostoso. Passeamos,vimos muitas coisas para bebê, almoçamos a nossa tradicional picanha, compramos um monte de coisas e lá fomos nós, sacolas na mão, debaixo de chuva e de buzú!!! Acreditem!!! Somos ou não mamães coragem?
Sou muito grata ao Pai Celestial pela família que tenho em especial por minha mãe. Que mulher maravilhosa! Como eu a amo!


Depois posto as fotinhas do que compramos hoje.


terça-feira, abril 13, 2010

Sonhos


Hoje a vovó Cleusa sonhou com o Arthur. Ela me ligou toda empolgada dizendo o quanto ele é lindo. Depois,mandou um email:

"Olha sonhei com Arthur,ele é lindão!Carreguei no colo,a chupeta dele era amarelo e vermelho e vou procurar igual pra comprar.Te amo."

Êta menininho amado viu? E a chupeta? Será que acha nesta cor? Até pesquisei na net e vi essa aqui. Será que é assim que a vovó quer?

segunda-feira, abril 12, 2010

Banheira do Arthur

Gente, o Arthur é um garoto de sorte mesmo viu? Hoje ele ganhou um presentão da tia Paula. Essa banheirinha linda! Amei tia! O Arthur já pula de alegria e agredecimentos na barriga da mamãe.



domingo, abril 11, 2010

Comilança do domingo

Todo domingo é uma alegria só! Normalmente almoçamos na casa dos meus pais aquela comidinha caseira maravilhosa que só a minha mãe sabe fazer. Como painho está viajando, hoje almoçamos com mami apenas: saladinha, arroz soltinho, bife acebolado e um GROLADO! Quem sabe o que é GROLADO? Não vou dizer... Quando o Arthur nascer terá que descobrir. :)

Bom, depois fomos tirar aquela sonequinha domingueira, fizemos uma noite familiar, onde ouvimos o discurso do Presidente Monson onde ele fala muito do crescimento da Igreja e dos Templos e fomos pra casa de minha mãe novamente. Fazer o que? Ah, comer bolo com cobertura de chocolate!!! Delícia!!!Hum...

*As fotos são ilustrativas.

Pintando o sete


Ontem Régis, um vizinho da gente que faz pintura, esteve em nossa casa para pintar o quarto do nosso reizinho. Foi uma trabalheira só! Tivemos que tirar todos os móveis que ocupavam o quarto(faziamos dele uma espécie de biblioteca e afins, rsrsrs). A casa ficou intransitável. Fomos aos poucos pondo tudo no lugar. Ufa! Que alívio! O quarto está pintado,mas ainda falta o acabamento. Estava muito frio e a parede não secou a tempo de fazer o acabamento. Mas está ficando legal. :)



Feliz demais!!!


É assim que nos sentimos... Como é bom estar à espera do serzinho que mais amamos neste mundo! Filho, mamãe e papai já te amam muito viu? Você é a nossa vida!!!

Será???

Gente, grávida de vez em quando inventa cada arte... Navegando na net, encontrei um site(http://www.makemebabies.com/) onde você pode simular com quem o seu filhote vai parecer. É engraçado,mas não mostra muito a realidade não. Pelo menos eu não imagino o Arthur com essa carinha ai. O que vocês acham? Rsrsrs.
Beijocas!

sexta-feira, abril 09, 2010

17 benefícios da amamentação para mãe e filho


A importância do leite materno para o bebê é indiscutível. E cada vez mais estudos mostram que também há vantagens para a saúde da mulher.Você sabe que amamentar é fundamental para a saúde do seu filho. Mas já parou para pensar em todos os benefícios que esse ato pode trazer para o bebê e para você? Confira!

1. O leite materno é o alimento mais completo e equilibrado, pois atende a todas as necessidades de nutrientes e sais minerais da criança até os 6 meses de idade;

2. Fácil de ser digerido, provoca menos cólicas nos bebês;

3. Colabora para a formação do sistema imunológico da criança, previne alergias, obesidade, intolerância ao glúten;

4. Contém uma molécula chamada PSTI é responsável para proteger e reparar o intestino delicado dos recém-nascidos;

5. O momento da amamentação aumenta o vínculo entre mãe e filho e colabora para que a criança se relacione melhor com outras pessoas;

6. Previne a anemia;

7. A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária do bebê;

8. Amamentar por mais de 6 meses faz bem à saúde mental da infância à adolescência, segundo estudo coordenado pela Universidade do Oeste da Austrália. Segundo os pesquisadores, substâncias presentes no leite (como a leptina) ajudam a combater o estresse. O contato e o vínculo entre mãe e filho promovido pelo aleitamento também têm um efeito positivo no desenvolvimento psicológico da criança.

9. Quando o ômega 3 está presente no leite materno, o que varia de mulher para mulher de acordo com sua alimentação, ele ajuda no desenvolvimento e crescimento dos prematuros nos primeiros meses de vida;

10. Ajuda no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal. Com isso, também evita o sangramento excessivo e, consequentemente, que a mãe sofra de anemia;

11. Protege a mãe contra o câncer de mama e de ovário;

12. Estudo publicado na American Journal of Obstetrics revela que a amamentação reduz o risco de a mulher desenvolver síndrome metabólica (doenças cardíacas e diabetes) após a gravidez, inclusive para aquela que teve diabetes gestacional;

13. A amamentação dá às mães as sensações de bem-estar, de realização, e também ajuda a emagrecer, pois consome até 800 calorias por dia (mas dá uma fome...);

14. É de graça, natural, prático, e não desperdiça recursos naturais;

15. Está sempre pronto para ser transportado e ingerido (não precisa nem aquecer).

16. Pode ajudar seu filho a ter melhor desempenho nos estudos e aumentar a chance de ele frequentar uma faculdade, segundo uma pesquisa norte-americana. Eles analisaram o desempenho escolar de 126 irmãos de 59 famílias. O resultado sugeriu que aquele que recebeu um mês a mais de leite materno apresentou aumento de 0,019 pontos na média de pontuação no ensino médio e aumento de 0,014 na probabilidade de cursar o ensino superior.

17. Protege a mãe contra doenças cardiovasculares, segundo estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos. Para a pesquisa, foram analisadas 140 mil mulheres no período pós-menopausa, ou seja, com média de 63 anos, e o resultado mostrou que aquelas que amamentaram por mais de um ano tiveram 10% menos risco de sofrer com essas doenças, se comparado com aquelas que nunca amamentaram.

Fonte:http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI66388-10585,00.html

Malinhas do Arthur


Gente, essa semana compramos as malinhas dele. Olha como são fofas!!! :)
Beijos

Mariza

Quando o bebê vai mexer pela primeira vez?

Gente, como mamãe de primeira viagem ficava na dúvida se saberia quando o meu filho começou a mexer. Não fiquem preocupadas, agente sabe mesmo! Na primeira mexida dele, conseguimos identificar sim que é o nosso filhotinho. E é tão lindo, tão emocionante, tão gostoso! Lendo umas coisinhas na internet, vi no site da revista crescer uma matéria sobre este tema. Estou anexando-a a seguir.

Crescer

Qual grávida não fica na torcida para sentir os movimentos do bebê na barriga. A expectativa é ainda maior para as mães de primeira viagem porque não sabem como será. “As primeiras mexidas podem ser confundidas com gases, ronco no estômago ou uma leve cólica, mas logo a mãe percebe que é algo que se movimenta abaixo do umbigo”, afirma o ginecologista e obstetra Djalma da Cruz Gouveia.

Quando o bebê mexe, a gravidez se torna concreta para a mãe, mesmo que já estivesse comprovadíssima nos exames de ultra-som. “Ao sentir os movimentos do feto, a grávida se reassegura de sua presença. Esse momento é especial para reforçar o vínculo entre mãe e filho”, afirma a psicóloga Ana Merzel.

Na segunda gravidez, fica mais fácil identificar as mexidas do bebê. Mulheres acima do peso podem ter mais dificuldade para sentir o bebê mexer porque a camada de gordura na região do abdômen dificulta a percepção.

Primeiros movimentos

Você não sente, mas seu bebê pode estar se mexendo no útero a partir da 10ª semana de vida. Antes disso, fazia movimentos, mas ainda não tinha o esboço de braços e pernas que agora possui. Você não percebe porque a quantidade de líquido amniótico que envolve o feto (cerca de meio litro) é muito maior do que seus 2,5 centímetros de comprimento e 3 gramas de peso. É entre a 18ª e a 20ª semana que as primeiras sensações de movimentos do bebê — então com cerca de 18 centímetros e 500 gramas — chegam para a maioria das mães.

Nesse início, a percepção é de um movimento suave. “Em geral, as mães o descrevem como algo que passa de um lado para outro dentro da barriga, como se fosse um peixe nadando, ou então como pequenas explosões”, diz o ginecologista Walter Banduk Seguim. Segundo ele, a sensação vem mais do deslocamento da água que o feto provoca do que dos choques com o organismo materno. “Só cerca de 3 a 4 semanas depois é que a mãe sente o que descreve como chute do bebê. E não é necessariamente um chute. Pode ser um soco ou uma cabeçada”, diz.

Espreguiçadelas

O amadurecimento do sistema nervoso do feto é que determina a coordenação de suas ações, como levar a mão ao nariz, à boca, ao olho, piscar ou engolir. Por volta da 24ª semana, um movimento que começa a ficar frequente é o espreguiçar. O bebê estira os braços e as pernas várias vezes, como um exercício para fortalecer os músculos. “À medida que as espreguiçadelas se tornam mais definidas, aparece na barriga da grávida um calombinho. Em geral, é o calcanhar do bebê”, diz Seguim. Em torno da 32ª semana da gravidez, segundo os especialistas, muitas grávidas têm a sensação de outro movimento, que se repete um após outro, lembrando um soluço. “É o bebê simulando a respiração. Embora esteja num meio líquido e não use os pulmões, ele movimenta a musculatura respiratória como num treino”, afirma Seguim.

De olho no ritmo

Assim que os movimentos do bebê se tornam perceptíveis, os médicos recomendam às mães ficarem atentas ao seu ritmo. “Isso é especialmente importante para a mulher que apresenta uma gestação de risco, como a grávida hipertensa ou com diabete, pois a diminuição dos movimentos pode ser um sinal de má oxigenação fetal”, esclarece Seguim. O ritmo das mexidas, segundo ele, mostra-se mais preciso a partir da 34ª semana, quando se estima que a grávida sinta de sete a oito grandes movimentos do bebê por hora. Alguns bebês mexem muito e outros, pouco. Por isso não adianta ficar comparando o ritmo do seu bebê com o de outras gestantes. Para descobrir qual é o ritmo do seu filho, faça o seguinte: durante três noites, ao deitar-se, procure prestar atenção só no bebê, sem se distrair. “A mãe vai notar um padrão de movimentos e assim perceberá quando o filho está mexendo mais ou menos”, diz Seguim.

Segundo os especialistas, as mães também costumam notar que ele se agita mais quando conversam com o filho ou quando alguém de quem gostam se aproxima. “Nesses momentos, o bebê é estimulado pela liberação de hormônios da mãe. Ele se movimenta pela ação da adrenalina ou se tranquiliza por causa da endorfina”, afirma Gouveia. Uma outra relação que as gestantes costumam fazer é que o filho parece chutar mais à noite, quando elas dormem. “A grávida é que sente mais as mexidas quando está deitada e relaxada. O bebê não tem percepção de dia ou noite. Ele dorme quase o dia inteiro, o que não significa que fique quieto. Há fases no sono em que há superagitação”, diz Seguim. Ele lembra que as mães têm ainda a impressão de que os bebês mexem menos quando uma mão fria pousa em suas barrigas. “A percepção do movimento é que diminui, porque a musculatura da barriga se contrai”, esclarece.

Hora do encaixe

Enquanto seu tamanho é menor que o diâmetro uterino, o bebê pode dar milhares de voltas na barriga. Mas como a cabeça é a parte mais pesada do seu corpo, por ação da gravidade, ele costuma ficar de cabeça para baixo. “É uma característica de 96% dos bebês. Os outros 4% ficam sentados”, diz Seguim. Essa movimentação costuma ocorrer 15dias antes do parto, ou a partir da 38ª semana. “A barriga abaixa e a gestante nota que respira melhor e consegue comer sem se sentir tão cheia”, diz o médico. A partir daí, os chutes de seu filho diminuem. Ele está concentrado nos últimos momentos para fazer seu gol de placa.

quinta-feira, abril 08, 2010

Por Clarice Linspector


Algumas peças da decoração do Arthur

























Móveis para um Rei


Estou tão feliz!!! Finalmente compramos os móveis do quarto do nosso reizinho. Parece que ele também ficou bastante feliz pois hoje é o dia que ele mais mexeu... :) Já posso imaginá-lo neste bercinho, depois engatinhando pelo quarto, correndo, riscando as paredes... Ai,ai,ai...
No sábado o rapaz virá pintar o quarto. Decidimos que será em dois tons de azul, sendo uma parede em azul mais forte para destacar. Vai ficar lindo! Então, o que acharam dos móveis?

Memórias


Estou aproveitando esse momento de licença médica para, dentre outras atividades de pouco gasto energético, rever fotos antigas. Encontrei algumas que gostei muito. Dentre elas duas em que estou com a minha mãe, a mulher mais maravilhosa deste mundo. Ela tem sido fundamental na minha gestação. Faz comidinha pra mim, me liga,me manda mensagens carinhosas, está sempre presente comigo, desde o médico, às comprinhas, na resolução de problemas. Essa sim, é uma mãe de verdade. Minha mãe linda, como te amo viu? Obrigada por você existir. Você é a minha vida. O que tenho de mais sagrado e importante. Sem você eu não seria nada!

Canções de Ninar


Hoje resolvi ouvir o cd que ganhei da minha mãe: Cantigas de Ninar, tem 12 canções para embalar e acalmar o soninho do meu reizinho. É tão relaxante que eu mesmo estou aqui super zen. Estava lendo que tais cantigas são muito importantes para o desenvolvimento cognitivo das crianças. Nesta fase é mesmo muito importante ouvirmos tais canções. Jesualdo (1993, p. 184) frisa:

“O processo de degustação poética começa, sem dúvida, apesar de ser quase insensível o papel do som mais do que da própria palavra, com as canções de ninar”. O suave embalo e aconchego nos braços da mãe, associados à monotonia melódica dos cantos de ninar, dão segurança à criança, fortalecem traços culturais e, assim, tem início o processo de identidade de padrões culturais. A partir das cantigas de ninar, a criança passa por um demorado aprendizado e longa experiência poética em que se enraizará o interesse do poema cantado, ou do canto em forma de poema, num brinquedo de roda ou outro, para que a criança o transmita de geração a geração.

26 Semanas de Gestação


Essa semana estou sentindo dores nas costas, uma certa impaciência aliada a vontade de não fazer nada... Arthur está mexendo como nunca e sei que é apenas o começo!!! Estou amando sentí-lo. É tão lindo, tão gostoso. Uma experiência única que só passando para saber. Estou agora afastada do trabalho, a princípio por 15 dias devido a hipertensão. Mas sei que dará tudo certo!

**************************************************************************

Resumo


Vamos dar mais uma espiada no útero? Seu bebê continua respirando o líquido amniótico, o que é um ótimo treino para seus pequenos pulmões. Assim, quando ele nascer, terá forças para inspirar e expirar, além de fôlego de sobra para chorar sempre que sentir fome ou algum desconforto. Novas terminações nervosas estão se constituindo nos ouvidos e tornam sua audição mais aguçada a cada dia. Ele agora mede cerca de 23 centímetros e pesa quase 900 gramas. Em breve, vai chegar a 1 quilo!

Sua gravidez


É dia de conferir sua agenda da gravidez e checar se você está atualizada com os exames do pré-natal. A partir de agora até a 28a semana, seu médico poderá solicitar o teste de glicemia pós-prandial, que vai avaliar como o seu organismo se comporta na hora de processar o açúcar dos alimentos. Essa avaliação serve para detectar o diabete gestacional, um problema que atinge 10% das grávidas e geralmente desaparece depois do parto. Por falar em açúcar, que tal moderar o consumo de doces e trocar as guloseimas por alimentos mais nutritivos, como frutas e sucos?

domingo, abril 04, 2010

Um carinho especial...


Gente, olha que fofo eu recebi da Deby! Lindos não? Bom,nesta fase da vida a mulher fica muito mais sensível: sorri de tudo, chora com tudo, fica feliz facilmente, fica irrritada com a mesma facilidade, enfim. Por isso, é tão importante o carinho dos amigos, a compreensão do maridão e de todos que a cercam. Não tenho do que me queixar: tenho sido muito paparicada! :)
Recebo tantas mensagens carinhosas no orkut. Tantos presentinhos fotos! Obrigada a todos e todas que estão fazendo parte deste momento que é o mais feliz da minha vida! Não vou citar nomes para não acabar sendo injusta. Mas sei que cada um de vocês sabe o quanto é importante em minha vida.
À medida que for recebendo cartões, mensagens, vou tentar compilá-las aqui.
Recadinhos e cartões:


DΣБӨЯΔH (๏̯͡๏): Gerar uma nova vida dentro de si, superar a maior dor humana e depois ainda doar o alimento de seu próprio seio. Incontáveis horas de dedicação, sempre com a vida do filho diante da sua, mesmo assim, não há uma só que discorde: ser mãe é a melhor coisa que já lhe aconteceu! Uma vez mamãe... Mamãe eternamente! Uma mãe continuará desempenhando sua figura materna para sempre, mesmo que todos seus filhos estejam casados e morando no Alaska, a corujice permanece. Além dos puxões de orelha e dos lembretes para que ninguém esqueça o casaco ao sair de casa, as mamães colorem a vida dos seus filhinhos, felizes por demonstrar seu carinho... Sei que vc será mais uma dessas mamães: PARABÉNS PELO REI ARTHUR que está vindo ai!! Bj
Deby

♥ Michelle ♥: Oh meu Deus mais sapatinho mais lindo, a priminha ta ansiosa pra ver esse bebezinho tao fofinho que vai nascer, e ai priminha, como esta vc, eu sei que vc ta muito feliz, e Arturzinho ja pula muito na barriga?rsrrs, meu Deus se ele sair com ess e olhinho azul puxando a mamae, rsrsr...vai fazer sucesso, olha prima vc é muito preciosa viu, o Senhor ve vc como uma perola preciosa, Ele mesmo pos a mao no mar, la no oceano e pegou a concha mais linda e perfeita e abriu e la estava vc...imagino a face do Senhor deve ter se maravilhado, bjim.

*Isabel Cristina:


Daqui a um ano será Arthur quem te entregará essa flor pessoalmente. Que a sua vida seja cheia de realizações e felicidades. Parabéns, saúde e muito anos de vida!!!Agora diz uma coisa, o niver é seu mas quem apostou no Arthur ganha o que? rsrsrsrs
Bjão


Dani:Saiba que mesmo longe e sem ter tido muito tempo para nos conhecermos melhor, tenho uma admiração enorme por vc, e desejo muita felicidade pra vc e sua família. Me emociono ao ver suas fotos de gravidez e do seu carinho com todos os seus amigos, de deixar que compartilhem com vc desses momentos.Gosto muito de vc.Beijos.

Dani:

Estou grávida.Dentro de mim grande mudança.
E vou parir jasmins,borboletas e amor...
Meu belo ventre cresce em grande esperança...
Estou encantada,estou em mim,sou uma flor.

E sinto o tempo passar e nada me cansa.
Estou em maravilhas,tão bem,nem sinto dor...
Tudo é sentimento e poesia...Tudo avança...
E cada vez mais esqueço de tudo,sou puro calor...

Quando olho para dentro de mim,sou alegria...
Vejo o luar se desdobrando em cores e surpresa...
Cada noite é outra oportunidade de harmonia.

Cada dia é momento de encontrar beleza.
E neste caminho de luz e intensa fantasia,
sou a mais bela poesia,sou apenas certeza...

25 semanas de gestação


Tá chegando!!! Falta pouco mais de 12 semanas para vermos o rostinho lindo do nosso Arthur. Como em toda semana, estou postando aqui um resumo com os detalhes principais desta fase.

Seu bebê

Tem novidade dentro do útero! Os cabelinhos do seu filho começaram a crescer e já têm uma coloração definida. Mas essa característica pode mudar quando a criança nascer. Há umas sete semanas, o exame de ultra-som já era capaz de mostrar os genitais do bebê e tirar a prova dos noves: será que vai ser Maria ou será que vai ser João? Se ele se mostrou tímido no último exame, vale a pena tentar mais uma vez solucionar o mistério. Algumas pessoas, no entanto, garantem que sabem a resposta só de ouvir os batimentos cardíacos do feto. Quando o coração bate rápido, dizem que é menina. Se bate mais devagar, afirmam que é menino. Tudo indica que isso não passa de mito. Assim, o melhor mesmo é recorrer ao ultra-som para esclarecer a questão.

Sua gravidez

Ontem você estava irritada, hoje acordou alegre e, de repente, sentiu vontade de chorar? Calma, mãe. Não há nada de errado com você. É assim mesmo durante a gravidez. As oscilações de humor são constantes nessa fase e a culpa disso, como sempre, é dos hormônios, que estão em ebulição no seu organismo. Para se sentir melhor, procure relaxar, cuidar do corpo e dormir bem. Evite também as bebidas com cafeína, como o café, o chá preto e os refrigerantes à base de cola. Essas substâncias podem deixá-la mais ansiosa e, de quebra, piorar o seu humor.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...