quarta-feira, dezembro 29, 2010

Traduzindo as causas do choro no Bebê



Passei rapidinho para socializar uma matéria bem bacana sobre o choro do bebê. Como já falei antes, o meu marido é muito participativo em tudo que envolve a nossa família, em especial com os assuntos relativos ao pimpolho. Essa semana, durante a madrugada, Arthur está muito choroso. Fizemos tudo para que ele ficasse bem e nada resolvia. Quando finalmente dormiu, o Ronaldo ficou sem sono e o que ele fez? Foi pesquisar as causas daquele choro tão "sentido". Olha ai o que ele encontrou:

Calma, mamãe, os primeiros dias são difíceis, você e o seu bebê estão se conhecendo. Mas a convivência fará você descobrir que o bebê chora de diferentes jeitos, que cada choro tem o seu significado e qual a maneira de satisfazer suas necessidades.


A primeira forma de comunicação do bebê com o mundo é o choro. É a forma mais poderosa e eficaz de conseguir chamar a atenção dos outros para o que está sentindo. O bebê chora não somente porque está com fome ou dor, chora para demonstrar que algo o incomoda.
Decifrar o choro do bebê é um desafio que mistura intuição, conhecimento e muita percepção da mamãe. Tranqüilidade é essencial. Se a mãe ficar desesperada com o choro, o bebê sentirá isso e ficará mais tenso.
Quando o choro começar, a mamãe deve pensar em quais são as necessidades do seu bebê. Fome, cólica, estar sujo ou molhado, roupa desconfortável, sono, cansaço, frio ou calor e excesso de estímulo normalmente são as opções mais prováveis do choro.
Se todos os aspectos físicos foram verificados, desconforto emocional como falta de atenção e insegurança podem ser os motivos.

Existem dicas para traduzir os tipos de choro. Lembre-se: as crianças não são iguais, portanto, o choro varia de um para o outro.

Fome: gemidos semelhantes a um apelo que não cessam com carinhos somente quando estiver satisfeito.

Dor: grito agudo seguido de um pequeno intervalo.

Fralda suja ou roupa desconfortável: choro fraquinho e estridente.

Cólica: choro agudo e intenso, normalmente leva a criança a esticar e encolher as perninhas, tremer o queixo e fazer cara de dor.


Frio ou calor: é um choro copioso de desconforto.


Excesso de estímulo ou irritação: é um choro meloso que ocorre ao fim de um dia movimentado.

Sono: criança agitada e com choro nervoso.

Emocional: choro geralmente é acompanhado de soluços, como se o pequeno estivesse meio "engasgado" de raiva ou brabeza.

Elimine cada opção até chegar em uma que acalme seu bebê. Se o choro persistir, o bebê pode estar com febre ou com alguma dor. Não ofereça remédios sem orientação médica. Procure o pediatra do seu filho e com ele descubra o que o pequeno tem.


Tente a Shantala, uma massagem que acalma o bebê, deve haver material na internet sobre isso.



Dicas

0 a 3 meses – é um período que a criança tem muitas cólicas. Para evitá-las, faça massagens na barriga do seu bebê e mexa suas perninhas (bicicleta) de duas a três vezes ao dia e não somente nos períodos e cólicas.

3 a 6 meses – continue somente com leite materno, além de satisfazer a necessidade de sucção de seu bebê, não sobrecarregará o seu rim e intestino com nutrientes pesados contidos em outros tipos de alimentos, evitando assim desconfortos.


6 a 12 meses – Criança não sabe o que é manha ou birra até os 12 meses. Por isso, se a criança chorar, atenda e verifique as causas do choro.



2 comentários:

Adriana Bandeira disse...

Esse post é muito esclarecedor, adorei!!!

ANDRÉA, CHRISTIAN e agora a SARINHA disse...

oi.... nossa, fazia tempo que não entrava aqui... agora me atualizei... rrs... quanto à última frase do post, então agora o que a Sara faz já pode ser considerado "birra"? kkkkk... já está com 15 meses, rss.... ela está uma figurinha, como ela mesma fala: "pateta" (que traduzido é: "sapeca").
Me fala uma coisa, quem é essa "Andréia" do sorteio da Baby moment? Eu estava até divulgando um sorteio desse produto, mas não lembro se era do seu blog?
Como vc mesma falou em outro post, esse negócio de sorteio vicia, rsss...
bjos

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...