terça-feira, janeiro 04, 2011

A saga da papinha salgada


                                    
Desde que o Arthur teve a sua dieta alterada com a introdução dos sólidos esperávamos super animados para o dia em que as papinhas salgadas fossem liberadas. Achávamos que ele adoraria, que iria comer tudo ( ele é muito bom de boca). No entanto fomos surpreendidos com um ( eca! à sua maneira, claro). O fato é que ele não aceita de jeito nenhum! Estava fazendo até então conforme orientação da pediatra mas hoje resolvi me render ao encantos do google e pesquisar receitas que sejam mais atrativas e consultei também algumas mamães do twuitter que tenham passado pela mesma experiência.

A papinha introdutória estava sendo feita assim:

Ingredientes:

Duas verduras ( pode ser cenoura, batata, chuchu)
Carne (músculo)
cebola
pimentão
salsinha
pouquíssimo sal

Preparo

Refogue tudo e junto com o caldinho da carne amasse as verduras e despreze a carne. 

Procurávamos fazer todos os dias uma fresquinha e nada dele querer. Ontem conversando com a minha mãe decidi tomar a frente e congelá-las para ver no que dá. Temos aquele prato da Neopan com ventosa que é muito bom e facilita bastante o aquecimento da papinha na hora de servir. Bom, estou indo fazer as papinhas agora e estou confiante que vai dar tudo certo. Dando certo, posto as novas receitas aqui tá? As dicas de vocês são super bem-vindas tá? Contem pra mim, como vocês fazem meninas?  

11 comentários:

Vanessa e Enzo disse...

Ixi Mariza, aqui em casa não tivemos problema com as papinha - iniciei a adaptação aos 4 meses pois iria voltar a trabalhar, cheia de medo que Enzo desmamasse, e ele continuou firme e forte no peitão. Bom, vamos falar da papinha que peitão não é o assunto rs. De início ele fazia cara de blargh, mas com insistência ele aceitou os novos sabores. Tem algumas receitinhas lá no blog, se vc quiser (posts antigos, vai pelos marcadores).
Oh, mt obrigada pelas votos de retorno.
E tenho que falar (já que tem tempo que não passo aqui) o novo lay do blog tá lindo!
Bjks procês

Vanessa e Enzo disse...

Ah Mariza, respondendo sua pergunta: para participar é só enviar seu texto para eueenzo@gmail.com
A gente aguarda =)

Ioly a dona do verdades... disse...

Oi Mariza, não apareci antes porque estou sem tempo, cuidando da casa e da cria sozinha...
Olha a Mi também deu trabalho para começar a comer os sólidos. E quando eu processei os alimentos deu certo. Aos poucos que comecei a amassá-los. Observe as papinhas de introdução da Nestlé, elas são liquidas, uniformes.
2011 abençoado
Estamos te seguindo lá do verdadesdemae.blogspot.com

Vanessa e Enzo disse...

Mariza,
no início - ele começou a adaptação com 4 meses - eu cozinhava o músculo com os demais legumes da papinha e na hora de passar para o liquidificador eu só passava os legumes, descartava o músculo (era só pra dar gostinho). Com 10 meses apenas que eu levei o músculo ao liquidificador com os demais legumes para a papinha.
Me segue no twitter @nessardisson que lá a gente vai trocando figurinhas tb rs
Bjks p vc e o Arthur

Cláudia Leite disse...

Ma,
Não tenho nenhuma dica pra te dar... só acompanho a sua saga, pois sei que posso passar por isso tb.

Boa sorte com a introdução da papinha.

bjo!

Manu Paz disse...

As papinhas salgadas eu não encontrei problemas, Sophia sempre aceitou...Mas agora de repente tá dando um trabalhão por aqui. Vira o rosto, chora, se lambuza... As vezes come, as vezes não.
Desejo sucesso!

Ana disse...

Oi Mariza! Aqui não tive problemas com as papinhas salgadas, o Felipe come desde 5 meses e meio e come muito. As primeiras que fiz eu colocava batata, cambotiá, chuchu e carne moida e uma pitadinha de sal. Ele adorava e comia tudinho...até hoje as papinhas que vão cabotia são as preferidas dele. Tomara que dê certo ai agora!

Di disse...

Oi mariza, o pediatra da Rebeca, minha filha, dizia que era pra dar a carne sim. Ele tambem dizia pra não bater no liquidificador. Não segui nenhum. Primeiro por que acho que tem que ser gradual - uma coisa por vez, primeiro so bata 2 ou 3 dias, cenoura, e por ai vai. Eu uso muito caldo de feijão ao inves do da carne. A carne sempre usei moida e batia com o caldo de feijão no liquidificador. Alias, eu batia tudo, e fui trocando aos poucos, deixando mais pedaços, ate que com 1 ano ela comia comida direto da mesa.

uma papa muito popular aqui é:
arroz (2colheres de sopa)
feijão(no começo so o caldo, mas 2 colheres tb, boas cheias)
carne moida (no começo eu batia)
pure de batata,cenoura e chuchu, sem leite, so um pouco de sal, e cozinhava junto com a carne, na refoga da carne, com cebola, alho (bem pouco disso tudo) e uma pitada de sal

pra saber a dose de sal eu usava as papinhas da nestle de parametro e com os meses fui adicionando temperos tb

acho o pimentão com gosto muito forte e pode maascarar o gosto dos alimentos, não uso. no lugar dele uso tomate sem semente e se pele.


mas o que funcionou mesmo foram as papinhas prontas... :( e na duvida, ve os ingredientes delas e fazigual em casa ;)
bjs, boa sorte!

cod-mulher disse...

Passando para retribuir sua visita, já participei do sorteio do vale compras.
Olha essa saga da papinha eu não passei, comecei aos 4 meses e ela nunca dispensou nada.
Boa sorte...

Néinha Figueiredo. disse...

Oi Mariza!

O Yan dorme super bem, o problema foi aquele dia rs,rs...pq fui dormir na casa da minha sogra aí acho que ele estranhou.
Ele toma aptamil e se seu super bem, vou ver se introduzo esse outro que vc me escreveu daqui uns 2 meses.

Adorei a receita da papinha, depois me conta se deu certo tá???

Bjs nossos!!!

Ioly a dona do verdades... disse...

Querida eu colocava carne sim, bem pouquinho, sendo processada ficava fácil para a pequena.
A pediatra da Mi me orientou começar com peixes após os 9 meses e mariscos com 2 anos, músculo e fígado são recomendáveis para eles ainda no 1ro. ano.
Não mude muito rapido o cardápio no in´cio, deixe ele se acostumar com o sabor.
Espero ter contribuido.
bjks

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...